ABC da Fotografia: Velocidade do obturador


Oi, pessoal!
Sim, voltamos aos posts que irão virar ebook grátis no fim do ano!
É meu presentinho, de coração, para quem está começando agora e quer aprender o básico para começar a se aventurar por aí com uma câmera manual.

Quem já viu números com uma barra no visor da câmera e ficou sem entender do que se trata? Bom, eu já!
Quando peguei em uma câmera pela primeira vez e vi "1/250" ou "1/50" na tela, eu já sabia o que era, mas não como usar. Talvez você esteja exatamente com essa dúvida, então vamos lá!

Nos capítulos anteriores nós aprendemos o que é ISO e abertura da lente. Agora você vai ver como a última perninha desse "tripé da fotografia" vai te ajudar a obter o resultado desejado na hora de clicar.

Tenho certeza que você já viu fotos assim e ficou pensando em como foram feitas. O nome dessa técnica é "light painting" e tem tudo a ver com o tema de hoje:


A velocidade do obturador é simplesmente o tempo que o diafragma vai ficar aberto recebendo luz, ou seja, o tempo de exposição do sensor à luz (fotografia significa "escrever com a luz". Agora faz sentido, né?). 1/250 significa que o sensor ficou recebendo luz por 4 milésimos de segundo. 1/50, que o obturador ficou aberto por 2 centésimos de segundo.

Para entender na prática:
Fotografei à noite no pátio de um condomínio, sem postes no pátio, apenas luzes dos apartamentos estavam acesas.
Fiz duas fotos, uma com exposição menor e outra com exposição maior. Na primeira foto abaixo eu deixei o obturador aberto por pouco mais que 1 segundo:


Nesta outra eu deixei por quase 7 segundos:


A primeira coisa que vemos é que a segunda foto ficou bem mais clara e podemos ver o céu nublado com mais detalhe.
Isso aconteceu porque deixei a luz entrar por 5 segundos a mais que na primeira foto. Nesse caso eu tive que deixar a câmera no tripé para ela não ficar borrada. Como estamos deixando a luz "escrever" a imagem no sensor por muito tempo, qualquer mexida da câmera pode estragar a foto.

Outro exemplo:



Simples, né?
Para finalizar, a técnica "light painting" pode ser feita em qualquer lugar escuro, com alguém "desenhando no ar" com uma lanterna, led do celular ou até mesmo um fósforo. O modo ideal para fotografar assim é o "BULB" (leia no manual da sua câmera como ativar esse modo), que basicamente deixa o obturador aberto enquanto você segurar o botão de disparo.

Prontinho!


É isso, pessoal!
Fiquem ligados na página do meu projeto "ABC da Fotografia" e não percam os próximos temas!

 curso online grátis de fotografia

3 comentários

  1. Dicas pra fotografar melhor são sempre bem vindas! =D Tô seguindo sempre =D

    ResponderExcluir
  2. Eu amei isso! Estou iniciando agora e suas dicas têm sido de grande ajuda :)
    Beijão!

    www.blogsoudelua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Nossa !! Dá um efeito incrivel nas fotos <3 Tô louca pra fazer fotos assim com minha futura câmera, rs... Beijoos Sally

    www.blogsuellenandrade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir