Apple Pie e a psicóloga chamada "Cozinha"


Que cozinhar é uma terapia, todo mundo já ouviu isso.
Mas, como eu sempre costumo dizer: clichês não existem por acaso.

Ultimamente as coisas mudaram. Mudaram muito. Não que exista "mudaram para melhor" ou "estão piores que nunca". Não. Apenas estão de um jeito como nunca estiveram antes.
O grande desafio da vida, tenho percebido, é a gente se acostumar e se adaptar às mudanças constantes que somos e passamos.

Bom, eu estou tentando. Eu cozinho agora.
Estou triste? Bom motivo para fazer cookies. Estou feliz? Ótimo, dia de legumes gratinados.
Eu coloco a minha playlist, quebro ovos, meço a quantidade de leite e vejo coisas separadas, que não tem nada em comum, se tornando algo incrível.


Ontem foi um dia assim. Como ainda não posso forçar meu braço, ficar muito tempo em pé e nem fazer muito esforço, minha irmã fez a parte mais pesada. Foi bom. Eu esqueci da dor. E esse foi o resultado:


A receita deu super certo, ficou uma delícia. Peguei desse site aqui.
Quer saber? Coloca a playlist para tocar e se joga na cozinha. Depois me conta!

2 comentários

  1. Amei tanto essas fotos!
    E parece deliciosa. Eu nunca fiz torta de maçã, mas tô com um monte de maçãzinhas aqui e fiquei tentada...

    um beijo,
    Re

    ResponderExcluir
  2. Também uso a cozinha como uma "terapia" :D adoro !
    E essa playlist, amei.
    A torta está tão linda, vou ser obrigada a fazer qualquer dia desses. Espero que dê certo.
    :)

    ResponderExcluir