Make a wish



Me peguei aqui pensando, pela zilhonésima vez, no início de tudo.
Lembro que a primeira coisa que amei em você foi o seu sorriso. Depois foram seus olhos e suas mãos.
Com o passar do tempo, eu conheci seu coração e aí, meu bem, não tive para onde fugir.
Antes eu podia dar desculpas para mim mesma dizendo que amava apenas partes de ti. Mas saber quem realmente estava por trás desse sorriso e desses olhos e dessas mãos, me fez saber que eu tinha sorrisos e olhares e mãos ansiando por entrelaçar as suas. "Entrelaça tua mão e tua vida na minha", eu escrevia, numa súplica desesperada de que algum dia você viesse fazê-lo.
Se passou muito tempo, nos encontramos de novo e você segurou a minha mão, me olhou nos olhos, mas ainda não estava pronto. Nem eu. Você dizia para eu não ir embora. Eu não queria mesmo, mas parti. E foi aí, meu amor, que você veio atrás de mim. Veio aqui e buscou meu coração de volta pra você. Coração que há tanto tempo já era teu e tu não sabias.
Hoje eu sei que as palavras tem muito poder sim. Essas mesmo que eu escrevo aqui e você lê aí. Essas mesmas que a gente fala sentindo, e não pensando.
Agora eu sei disso e quero gritar por aí sobre tudo que eu quero, porque eu gritei escrevendo sobre você, sobre querer você, e agora eu tenho muito mais que nossas mãos entrelaçadas.

Para Cléber.

2 comentários

  1. Que declaração linda! Apaguei o que eu tava escrevendo pra considerar a intenção do post e não pagar de louquinha. Haha
    Lindo isso

    www.lilasesol.com

    ResponderExcluir
  2. Quanto amor! Que linda a declaração. =D

    ResponderExcluir