Acorda, menina!



Acorda, menina!
Eu sei, eu sei. A vida é um mar de espinhos, mas às vezes aparecem rosas.
Levanta dessa cama, enxuga essas lágrimas salgadas e trata de cuidar de você.
Desliga esse rádio melancólico. Não tem espaço pra mais de um choro nesse quarto mofado.
Passa um batom vermelho nessa boca crua. Não para parecer bonita, mas para se sentir bonita.
Isso não se trata de música triste, maquiagens fortes ou espelhos.
Isso é sobre você.
Isso é sobre gritar se estiver com vontade. Sair pra dançar se isso te fizer esquecer de todo o resto. Isso é só sobre encontrar algo que te faça feliz, e não qualquer coisa que te dê um mísero sorriso.

Acorda menina!
Sonhar é bom, mas de olhos abertos.
Coloque sua roupa predileta e vá a um encontro com a melhor companhia possível: você mesma.
Se sinta inteira e pare de procurar metades.
Coma seu sorvete favorito e, se a calça jeans não entrar depois, ria disso.
Abra as janelas e ouça o barulho da chuva caindo na lata do quintal. Não é uma linda melodia?
Escreva uma letra para ela e faça desse momento a sua música preferida.

Acorda menina! Mas isso não é sobre deixar de dormir. É sobre entender que sonho e realidade não são coisas distintas. São alma e corpo. Um sonha, outro realiza.

5 comentários

  1. Tava precisando ler algo assim! Você escreve muitíssimo beeem! PS: Amei a fotinha <3

    ResponderExcluir
  2. Texto certo na hora certo, e bem escrito!
    Foto linda!

    ResponderExcluir
  3. Lembrei de algo que escrevi esses dias sobre sonhos. Lindo texto, linda foto!

    ResponderExcluir
  4. Tudo o que eu precisava ler hoje *-*

    Lindo e verdadeiro texto ♥

    ResponderExcluir