Sobre o homem da minha vida


Barba por fazer, olhos arredondados e perfume de uma tarde no campo. O nome dele significa "pequeno", o contrário do que ele significa para mim.
Conversa com as mãos. Mãos essas que, desde sempre, compõem lindas canções sobre alegria naquelas seis longas cordas de nylon.
Ele foi meus pés quando eu não sabia dançar, meus olhos quando eu não queria enxergar e foi os braços que me trouxeram de volta quando morri naquele mar.
Era meu porto seguro nas noites de pesadelo e meu despertador nas manhãs alegres de domingo.
Ele é o meu juízo, a voz que mora no meu subconsciente e me faz ser alguém melhor.
Sobre o homem da minha vida? Bom, ele é o meu pai.

3 comentários

  1. Quee lindo o texto!!! adorei! e seu pai é muito simpático mesmo! parece ser um grande homem!! :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é simpático mesmo, né? haha!
      Obrigada pelo comentário, Ana! Ele é um grande homem sim <3

      Beijinhos!
      ps: Sua ligação foi o ponto alto do meu dia! Obrigada!

      Excluir