7 dicas básicas para melhorar suas fotos


Como trabalho diretamente com isso, achei que seria legal dar umas dicas básicas de como melhorar suas fotos. É uma boa forma de retribuir muito conhecimento que adquiri na internet e que na faculdade passou batido. Então vamos lá:Todo mundo acha que só pelo fato de comprar uma câmera boa, suas fotos ficarão boas, mas não é bem assim. Existe uma série de fatores que vão interferir no resultado final da sua fotografia.
#1: Leia, leia e leia mais ainda!
Não adianta, você pode até aprender muito na prática, mas a teoria é que vai te dar fundamento para explorar a fotografia e sair do modo automático da sua câmera.
Existem muitos livros de fotografia muito gostosos de ler e que facilitam alguns pontos complicados de se entender.
Alguns sites focados em fotografia também contém artigos muito legais e interessantes. Então LEIA!
#2: Aproveite a luz natural.
"Fotografia" significa "escrever com a luz". Só por essa informação já dá pra ver o quanto a iluminação é importante na composição de uma foto. Mas você não precisa ter equipamentos de luz caros para compor uma boa fotografia. Eu, particularmente, prefiro trabalhar com luz natural e não com iluminação em estúdio.
Você pode aproveitar uma janela para fotografar em algum lugar fechado (seu quarto, por exemplo) e usar os contrastes de luz ao seu favor (claro x escuro).

Letícia Sally Fotografia.
Iluminação totalmente natural


No caso de fotografias ao ar livre, os melhores horários são: de manhã, bem cedo, porque a luz do sol fica mais difusa (suave) ou no pôr do sol, que dá aquele tom dourado lindo, além de ser ótimo para fazer fotos em silhueta ou contornar rosto e cabelo. Ao meio dia o sol está a pino e isso vai gerar sombras fortes e marcadas no rosto e no pescoço, além de deixar as cores mais fortes e contrastadas.



Letícia Sally Fotografia.
Luz suave da manhã, sem sombras marcadas.


Letícia Sally Fotografia.
Tons dourados do pôr do sol. Foto sem edição.

#3: Use um tripé.
Muita gente despreza o uso de tripés, achando que não são tão necessários assim. Mas eles são! Principalmente para fotografias noturnas, onde o obturador ficará mais tempo aberto para expôr o sensor à mais luz. Fotografar com baixa velocidade de obturador com câmera na mão não é um bom negócio, só se for proposital, pois sua foto vai sair "tremida" ou "borrada".

Letícia Sally Fotografia.
Sem um tripé essa foto não estaria nítida, pelo contrário, estaria totalmente borrada.

O tripé também é útil para autorretratos, pois você pode regulá-los como quiser, na altura que quiser, programar a câmera e sair correndo para sair na foto (faço muito isso haha).

Autorretrato com auxílio de tripé.

#4: Aproveite o máximo do seu equipamento.
Você pode fazer fotos lindas com qualquer tipo de câmera. Basta explorar tudo que ela pode te oferecer tecnicamente, como por exemplo conhecer os modos em que ela fotografa e qual é o melhor para cada local e para cada iluminação. Bons exemplos disso são as fotos da Carol da Rosa. Ela usa uma Sony Cyber-shot DSC W55 e eu piro nos autorretratos dela usando apenas essa câmera compacta e muita criatividade:

Carol da Rosa

Carol da Rosa


Carol da Rosa


#5: Invista em lentes fixas
 Se você possue uma câmera com lente intercambiável, o melhor investimento que você pode fazer é comprar uma lente 50mm 1.8 ou 1.4. Além de ser clara, sua abertura proporciona uma enorme profundidade de campo, ideal para desfocar bastante o fundo da foto ou fazer Bokeh.
A 50mm 1.8 é uma lente barata em relação as outras e é uma das lentes mais fantásticas (sou apaixonada pela minha).

Letícia Sally Fotografia.
Feita com uma 50mm 1.8. Veja que os ombros estão bem desfocados.


#6: Não exagere na edição.
Sei que efeitos e filtros estão muito na moda, mas manere na hora de usá-los. Uma foto tem que parecer uma foto.
Cuidado com molduras e bordas exageradas (isso é brega), com filtros muito fortes que chamem mais a atenção do que a própria foto e com o abuso no uso de textura bokeh (isso é mais brega ainda).
Seja sutil! Uma boa foto é boa até sem edição, então não pese a mão no photoshop!

#7: Seja criativo.
A última dica não é a menos importante. Use sua criatividade, não copie e não fique na zona de conforto para sempre.
Busque inspirações (o site 500px é ótimo pra isso), use ângulos diferentes, produza um cenário legal, e explore enquadramentos nunca experimentados antes! Não tenha pressa, seja paciente e tente até conseguir a fotografia que deseja.
Não se esqueça nunca que não deve fazer nada por fazer, faça tudo com amor e dedicação e você vai longe!



10 comentários

  1. Nuss,amei as dicas de fotografias,e amei tbm o blog e ja to seguindo!!!

    Bjos

    giihflore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Muito boa essas dicas. Algo que estou necessitando é comprar um tripé. E um pouco de criatividade também, rs.

    Beijos,
    Our Lifes And Dreams (é só apertar no meu nome)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, não dá pra viver sem um tripézinho! haha
      Amei seu blog, assinei o feed :D

      Excluir
  3. Amei as dicas! Meu desejo de consumo agora é um tripé!!
    Beijos!

    Ann ♥
    http://www.vinteepoucos.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu não tô vivendo sem tripé, agora que tenho que fazer meus autorretratos. Minha irmã tá longe, ela que me clicava :(
      Beijinhos, Antonia!

      Excluir
  4. Muito bacana suas dicas... Bem didática... adorei...

    ResponderExcluir
  5. que dicas de ouro! amei :) confesso que não sei nada ainda do mundo da fotografia, mas quero tanto estudar! na primeira dica você falou como a leitura é importante, você tem algum site com bom conteúdo para me indicar?
    xoxo, flor!

    ResponderExcluir
  6. Vc é minha professora a distância rrsrrsrs !!
    Te amuu Linda!!!

    ResponderExcluir