Perfume

E sempre acontece: eu sinto o cheiro do seu amor, fico viciada em tal perfume doce, mas logo enjoo.
Existe, então, um dos cinco sentidos que me trai, ou sou eu que traio os meus sentidos.
Tanto faz. No final eu sempre acabo do mesmo jeito, meu querido.
Nunca uso um frasco até o final, mas deixo-o pela metade, enquanto eu saio sempre inteira, sempre completa.

Nenhum comentário