Me acorda!
Me acorda desse pesadelo.
Desse mundo que grita socorro ao pé do meu ouvido.
Dessas almas perdidas que não querem ser encontradas...

Por favor, me acorda!
Depois diga-me que tudo isso já passou.
Diz que vai ficar tudo bem...
Que já está tudo bem.

Sussurre que o sol  nasceu afinal, que iremos ao campo ver as flores enfeitando nosso mundo.
Depois me pegue pela mão e me leve para dançar.
Dance comigo até o tocar do último acorde.
Até as luzes se apagarem e nossos olhares se encontrarem.

Me acorda!
Me acorda desse pesadelo.
Desse céu em escala de cinza.
Dessa dimensão sem cor.

Por favor, me acorda!
Depois me leve a um recanto.
Um recanto de pássaros que voam num azul turquesa manchado de branco.
Que pousam no alto da árvore em tons de verde, repleta de frutos vermelhos.

Ah! E me abrace!
Me abrace quando o céu chorar.
Nesse momento, quando estivermos regados pelas lágrimas de felicidade do nosso céu,
Eu quero estar envolvida por seus braços.

Me acorda!
Me acorda dessa vida teatral, em que as pessoas não sabem ser elas mesmas...
Em que eu não sei como ser eu mesma.
Depois me leve pra sua vida. Pra vida que você planejou pra mim.

Eu só te peço que me acorde...
Não tenho mais forças para sair desse pesadelo sozinha.
Eu te imploro! Me acorde!
Antes que acordar deixe de ser uma opção...


Letícia Sally.

Um comentário

  1. Oi Letah!!

    Já te acordo! E digo mais: O mundo é belo e os pesadelos foram feitas para que a gente pense que eles enfeiaram... Pura ilusão. Afinal veja as flores! Estão lá placidas a espera do teu beijo minha amiga = )

    P.S: Peço desculpas pela ausência... Tenho andado muito atarefado! Logo;logo volto a visitar mais teu espaço

    Bjooooo minha amiga = )

    ResponderExcluir