Das pessoas que se esqueceram de crescer,
de evoluir,
de lutar
e de viver,
ela prefere se afastar.

Se contaminou com quem estava preso em um mundinho paralelo.
Se isolou.
Se perdeu.
E agora ela quer ser livre.

Tomou suas responsabilidades e seus objetivos.
Cresceu.
Quer evoluir.
Está lutando.
E quer viver intensamente.

Cansou de jogar pérolas aos porcos.
Decidiu investir nela mesma.
Talvez ela viva só para seus objetivos.
Talvez ela se torne alguém que nunca desejou ser.
Mas talvez seja melhor assim.

O mundo, o pós-moderno e os padrões da sociedade lhe enojam.
Ela preferiria não ter nada a ver com isso.
Mas como parte "individual" desta sociedade desnorteada, ela vai só se infiltrar.
Não vai tomar a forma desse mundo.
Não ela. Não mesmo!


Letícia Sally.

Um comentário

  1. Me lembra: http://significantess.blogspot.com/search/label/Anais%20Nin

    ResponderExcluir