Asas para voar.

Quanto mais sonha, mais ela gostaria de acordar, porque ela sabe bem que os sonhos podem lhe dar asas, porém por pouco tempo. Logo despencamos.
Ela prefere viver do que sonhar, porque viver já lhe ocupa um enorme tempo.
Prefere ser feliz em realidade, do que sorrir em um sonho ilusório.
Talvez os outros possam pensar no quanto ela é "estúpida", fora do padrão e desiludida.
Mas pouco se importa com o que pensam sobre ela. A verdade sobre o que ela é, sobre o que contém em seu íntimo, em sua alma, só enxerga quem se aproxima muito dela, e poucos conseguem.
Quando ela está totalmente em sincronia a outro ser igualmente complexo e interessado a enxergar, seus olhos dizem o que sua alma grita em silêncio.
Não, ela não é infeliz, não é desiludida, não é envolvida por solidão alguma. Pelo contrário. Ela não gostaria de ter outra vida, não gostaria de uma família diferente e não gostaria de não ter nascido, como a maioria dos habitantes desse mundo.
Ela só não é mais uma na multidão. Não é mais um ser fraco e vazio, que não vive, mas apenas existe.
Ela é forte, ela tem a sua própria fortaleza, seu próprio escudo.
Talvez a vida dela não seja tão interessante a ponto de se transformar em um romance escrito por um autor consagrado, traduzido em 26 línguas e lido por milhões de pessoas no mundo. Mas é a vida pela qual ela se deixa viver, se deixa amar, lutar, prosseguir e alcançar. E isso independe dos maus momentos, dos caminhos errados que tomou e das pessoas egoístas para quem entregou parte de si mesma.
Enfim, para ter asas ela não precisa sonhar.
O amor lhe dá asas, a poesia lhe dá asas...a vida lhe dá asas. Um par de asas que não se derretem perto do sol, que não desaparecem quando ela acorda.
E só assim ela irá voar, voar alto, sem limites, ao ponto de alcançar tudo que ELE projetou para ela. Projetou. Não "sonhou". Porque sonhos são ilusões, e projetos são objetivos.
Ao sonhar ela correu o risco de acordar e cair.
Ao projetar ela ganhou a chance de ser, estar, sentir e viver.


Letícia Sally.

5 comentários

  1. O mundo não precisa de mais Ícaros tentando voar com asas de cera; somos feitos de carne e osso, e a vida não precisa de asas pra poder acontecer. ;)

    AMEI o post. =*

    ResponderExcluir
  2. Gostei imenso do seu texto. É muito real mas belo. Sonho é só para sonhar, realizações vem mesmo com bons projetos.

    BeijooO*

    ResponderExcluir
  3. Que lindo....

    Como te chamar? Ela / Eu ...

    Linda poesia e te digo lindinha... Por mais que sua estória não se transforme em um best seller! A mágica que há é se conhecer e sempre se desvendar!

    Bjaumm e já te sigo!

    ResponderExcluir
  4. Sou mais Santos Dumont, do Ícaro!

    ResponderExcluir