12 janeiro 2015

7 Motivos para assistir "Boyhood"


Foram nos últimos dias de 2014 que assisti ao melhor filme do ano. Para mim, pelo menos. Bom, para mim e para mais um monte de gente, inclusive grandes críticos do cinema.
Hoje, 11 de Janeiro de 2015, Boyhood foi o principal vencedor da 72ª edição do Globo de Ouro e eu não vi oportunidade melhor do que essa para indicar esse filme para vocês.
Quem já assistiu à triologia "Antes do amanhecer", "Antes do pôr-do-sol" e "Antes da meia noite" não pode deixar de ver! Ninguém melhor que Linklater para desenvolver diálogos tão bons, sutis e que nos prendem o tempo todo. Separei 7 motivos para meus queridos leitores assistirem Boyhood com olhos, mente e coração bem abertos!

#1: Porque o filme foi gravado em 12 anos!


Sim, 12 anos!
O diretor Richard Linklater juntava todo o elenco no verão e filmava durante 3 ou 4 dias. No final foram 39 dias de gravação. Isso é tão incrível que só por esse motivo você já deveria assistir. Mas tem mais!

#2: É um filme sobre a vida


Durante quase 3 horas de filme (que eu nem percebi, porque estava curtindo muito!) o filme narra a história de um menino, sua infância, relação com os pais, mudanças, adolescência difícil e tudo o que pode acontecer realmente na vida de alguém.

#3: Muitas referências de épocas marcantes


Durante todo o longa você vai se identificar com algo. Seja uma música que foi moda em algum ano específico, um livro muito famoso sendo lançado, aquele jogo que você era viciado e jogava o dia inteiro com seus amigos de infância, etc.

#4: Das duas uma: ou você já foi emo ou conhecia alguém que fosse


HAHAHAHA! Pode parecer engraçado, mas é uma referência bem forte no filme, algo que ficou bem na moda entre 2006 e 2007. Eu fui, não minto. Mas convenhamos que foi uma fase difícil e eu não sinto orgulho dessa parte da minha vida :P

#5: A trilha sonora é ótima!


O diretor do longa disse que metade do orçamento do filme foi para as músicas que compõem a trilha sonora. É muito direito autoral de muito cantor/banda grande, gente!

#6: Você vai se ver no filme em algum momento


Como eu já falei lá em cima, é um filme que poderia ser a vida de qualquer um! O personagem principal é a minha versão masculina, só pode ser!

#7: Te faz pensar e ter mais vontade de viver


Essa é a cena final do filme, em que Mason, o personagem principal, tem um diálogo com uma nova colega, que diz "talvez não sejam as pessoas que aproveitam os momentos, mas os momentos que aproveitam as pessoas". Essa frase ficou na minha cabeça muito tempo, martelando e me dando uma sensação diferente de tudo que eu já senti no final de qualquer outro filme.
Você está ali, vendo o personagem crescer de verdade e passar por tanta coisa, que automaticamente vai encaixando sua vida aos momentos do longa. A última aparição da mãe de Mason é um tapa na nossa cara. "Eu achava que teria mais. Mas é só isso. A próxima etapa é o meu velório!", diz ela.
No final você pensa: "Durante todo esse tempo, o que foi que eu fiz? Eu estou onde queria estar? Onde deveria estar? O que vou fazer daqui pra frente?"

Boyhood não é um filme que estamos acostumados à assistir, aqueles no estilo mais "Hollywoodiano" possível.
Não! Essa é uma obra de arte. Explora a vida e o ser humano, que na sua maior simplicidade (e ao mesmo tempo complexidade) não depende de nenhum artifício que os façam ser mais interessantes. 

Não existe um "clímax", você não vai chorar horrores, nem rir até a barriga doer. Não consigo encaixar Boyhood em nenhuma categoria cinematográfica, porque é um filme único, carregado de muita sensibilidade e que tem a vida como enredo.

No final eu só conseguia pensar que ficaria mais 3 horas ali, assistindo Mason ficar bem velhinho!

#SallyVaiCasar: 7 coisas que não podem faltar no seu casamento


Oi, pessoal! Aqui estou eu postando de uma forma que não costumo fazer: usando fotos alheias!
Todas elas eu achei no Pinterest, e lá é quase impossível conseguir os créditos das fotos, portanto...

Mas vamos lá!
Meu casamento está vindo aí e tirei essa semana para resolver algumas pendências e fazer uma lista de TUDO que quero no nosso grande dia. Foi aí que reparei que muitas coisas eram necessárias e que é possível colocá-las lá de uma forma bem pessoal e bonita!
Algumas parecem óbvias, mas vocês vão entender que quando se é uma noiva, as coisas ficam embaralhadas na sua mente e muitos detalhes precisam ser enfatizados!


Parece óbvio ter romantismo em um casamento, mas hoje em dia a moda é ser informal, muito "faça você mesmo", muito "eu não quero um casamento tradicional" e a coisa acaba tomando outro rumo. Temos que lembrar que um casamento é um ritual cultural, onde declaramos na frente de nossos amigos e familiares que estamos nos unindo à outra pessoa, nos tornando um só. É um momento especial e não podemos banalizá-lo!


Sim! Por mais que você contrate fornecedores para tudo, é muito legal ter algo que você fez junto com o(a) noivo(a), seus pais, amigos(as), etc. Isso agrega valor à qualquer coisa, mesmo que seja bem simples!


Gente, chega de limousine! Como fotógrafa é o que eu mais vejo por aí!
É claro que estamos falando de gostos aqui, mas existem outras formas de chegar no casamento que são tão mais românticas, fofas e especiais! Conheço uma noiva que entrou de bicicleta (aquelas de carteiro) com o pai pedalando e ela na frente! Foi tão lindo e especial!
Até nisso a gente precisa por a nossa cara, algo que tenha a ver com noivos e que orne com todo o tema e decoração do casamento.


Essencial! Crianças odeiam casamentos, acham uma coisa chata e ficam doidas para comer e ir embora. A gente pode deixar tudo mais divertido para elas criando um espaço só para os pequenos! Genial, né? E ótimo para os pais poderem curtir melhor a festa (hahaha)!


Para mim, não adianta ter a decoração mais cara, mais "bonita", se não existem elementos que remetam à história dos noivos.
Não tem coisa mais legal do que chegar em um casamento e relacionar na hora a decoração com o casal. É o dia dele e dela, tudo tem que ter a ver com eles e ponto final!


Algumas pessoas não tem pais ou não tem fotos deles ou dos avós juntos, mas eu acho muito bonito honrar a família dessa forma. Eles são a causa de você estar alí, naquele dia, se casando, juntando dois sobrenomes para continuar o que eles começaram!


E por último, mas não menos importante (principalmente para quem ama fotografia como eu), é essencial ter um espaço para seus convidados tirarem fotos! Existem várias formas legais de se fazer isso saindo da tradicional mesa do bolo!

Isso é tudo por hoje, pessoal!
Espero que tenham gostado e que eu tenha dado algumas idéias novas pra vocês que estão no mesmo barco que a Sally aqui!
Essa é uma fase muito especial na minha vida e estou amando compartilhar com vocês!
Um beijo e até a próxima!

Não percam também os vídeos da série "Diário de uma noiva"!
Se inscreva no meu canal no Youtube e acompanhe!

10 janeiro 2015

Revelando o meu segredo para editar fotos


Muita gente me pergunta como eu edito/trato as minhas fotografias e não achei forma melhor de explicar pra vocês do que gravando em tempo real uma edição!
Espero que gostem e que eu tenha respondido todas as dúvidas de quem perguntou!


Um beijo e até a próxima!
Não se esqueçam de se inscrever no canal para não perder nenhum vídeo novo!

09 janeiro 2015

Como eu controlo a ansiedade pré-casamento?



Saiu mais um episódio do diário de noiva! Dessa vez eu vim conversar sobre a ansiedade faltando poucos meses para o grande dia! Contei lá no Facebook que eu estava tendo pesadelos todos os dias que entrava na igreja com o vestido rasgado, que o pessoal do vídeo não chegava nunca, que o maquiador me deixou zoada, enfim! 
Agora estou fazendo um monte de coisas para lidar melhor com essa ansiedade toda! Quer saber o que é? Assiste comigo!


Espero que tenham gostado! Já gravei outro episódio e logo logo estará no ar!
Se inscrevam para não perder nenhum vídeo novo!
Beijos!


08 janeiro 2015

O trailer oficial do canal She and Sally


Olá pessoal! Tudo bem com vocês?
Estou super feliz hoje porque já estou em casa e com muitas coisas para gravar, fotos para fazer e tudo mais. Senti tanta falta do blog e de conversar com vocês nesses dias... Mas eu precisava tirar essas férias, ficar perto dos meus pais e esvaziar a mente das coisas ruins de 2014 para começar esse ano diferente.

Para começar, gravei o trailer do nosso canal no Youtube e gostei do resultado! Vem ver comigo! E quem não é inscrito ainda, gosta do blog e quer me ajudar, no final do vídeo aparece o link para se inscrever. Cliquem em gostei nesse trailer lá no Youtube mesmo e me façam a blogueira mais feliz desse mundo?



Gostaram? Espero que sim, pois fiz com muito amor!
Beijos e até a próxima!